1

Durante o carnaval de 1998 a pousada country estava lotada. Nosso maior apartamento, que possui capacidade para 6 pessoas, estava sendo ocupado por um casal com 4 filhos e a mãe, aos 7 meses de gravidez, esperava o quinto.

No domingo de carnaval eles resolveram passar o dia no Rio de Janeiro (capital), quando voltaram já era noite e a gestante já não se sentia muito bem. Durante a madrugada, a bolsa se rompeu e foi aquele corre-corre. Nós da pousada e todos os ouros hóspedes que aqui estavam nos revezávamos cuidando das outras 4 crianças, que eram bem pequenas, enquanto o pai levava a mãe delas para a maternidade. Aguardávamos as notícias como se cada um de nós tivesse algum parentesco com a família.

Vinícius nasceu com saúde na maternidade de Resende. O pai chegou dizendo que nunco imaginou ter um filho carioca, já que a família inteira era de São Paulo.

Hoje, 11 anos depois, tenho certeza que o carnaval de 98 ficou na hisória da vida de todos nós.

1 Comentário

  • Guilherme Monteiro 19 de julho de 2009 at 12:25

    Inevitável,
    Conheço a pousada e as pessoas que a cercam e em minha opinião não haveria melhor local para o fato ocorrido. Estar na pousada Country é como estar em fámilia, o bom atendimento e a simplicidade implícita em seus funcionários fazem do local um segundo lar.
    Eu consigo imaginar a correria do fatídico dia do nascimenro (rs), onde os pais paulistanos tiveram seu primeiro filho carioca. Sei do compromisso que a administração tem com seus hóspedes, e também o quanto tais fatos repercutem em suas vidas.
    Ao pequeno Vinícius, onde quer que esteja, a ciência de que sua história passa por este belo lugar, assim como a deste correspondete que vos fala : )
    Abraços Saudosos a todos da Pousada Country.

    Responder

Deixe um Comentário!